Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Investidor aguarda ações concretas

Depois de um fim de semana repleto de encontros entre autoridades globais - G-7, G-20, Fundo Monetário Internacional (FMI) e Banco Mundial -, investidores aguardam ações concretas que possam restabelecer a confiança no sistema financeiro. Além das ajudas divulgadas pelos Estados Unidos e pela Grã-Bretanha, o governo da Alemanha deve anunciar plano de socorro de até 400 bilhões de euros.

Agência Estado |

É cada vez mais provável que o mundo copie, ao menos em parte, o modelo adotado pela Suécia em 1992. Em meio a crise bancária generalizada, as autoridades daquele país nacionalizaram todo o sistema financeiro. Anos depois, o governo recuperou praticamente tudo o que investiu.

Além de repercutir o que ocorre lá fora, o mercado brasileiro estará, esta semana, atento ao início da temporada de balanços trimestrais de empresas. Depois de Aracruz, Sadia e Votorantim informarem perdas milionárias com operações de derivativos cambiais, acredita-se que mais casos possam vir à tona. Essa é uma das razões para a disparada do dólar nas últimas semanas. A moeda americana fechou a R$ 2,32 na sexta-feira (dia 10). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG