A fabricante de chips norte-americana Intel anunciou há pouco que obteve receita recorde US$ 10,2 bilhões no terceiro trimestre, junto com um lucro operacional de US$ 3,1 bilhões, lucro líquido de US$ 2 bilhões (US$ 0,35 por ação). Nas transações do after-hours do mercado norte-americano, as ações da Intel inicialmente subiram 5,5% em reação aos números positivos de seu balanço trimestral, contudo, há pouco, reduziram o ritmo dos ganhos para 3,70%.

No terceiro trimestre de 2007, a Intel havia obtido um lucro líquido de US$ 1,8 bilhão (US$ 0,30 por ação), sobre uma receita de US$ 10,1 bilhões. A previsão dos analistas entrevistados pela Thomson Reuters era de um lucro de US$ 0,34 por ação sobre uma receita de US$ 10,27 bilhões no período encerrado em setembro.

"A Intel entregou a melhor receita do terceiro trimestre de sua história", disse Paul Otellini, presidente e executivo-chefe da companhia. "Fomos solidamente rentáveis, com lucro operacional de mais de US$ 3 bilhões." Contudo, com relação ao quarto trimestre, ele alertou que "é difícil saber qual o impacto que a crise financeira terá na demanda do consumidor final", embora tenha expressado confiança na carteira de produtos e forte fluxo de caixa da companhia.

No pregão regular desta terça-feira em Nova York, as ações da Intel fecharam a US$ 15,93, em baixa de 6,24%. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.