Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Instabilidade em Wall Street reduz ganhos na Bovespa

SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) continua operando em território positivo, mas o ímpeto comprador perdeu um pouco de força. Faltando cerca de meia hora para o encerramento dos negócios, o Ibovespa subia 1,97%, para 38.

Valor Online |

716 pontos, com giro em R$ 4,37 bilhões.

O Ibovespa se afastou das máximas do dia e, conseqüentemente, dos 39 mil pontos, depois que os indicadores em Wall Street passaram a fraquejar. Há pouco, Dow Jones recuava 0,42%, enquanto o Nasdaq se desvalorizava 0,33%.

A perda de fôlego em Nova York segue a divulgação de notícias apontando incertezas sobre o plano de resgate ao setor financeiro. As últimas notícias vindas de Washington apontavam que a Casa Branca e os democratas finalizaram o acordo. Mas agora parece que uma série de senadores está contra o plano de US$ 15 bilhões em empréstimos de curto prazo.

Além disso, os investidores receberam mais uma pancada pelo lado corporativo. O Wall Street Journal reportou que a gigante das telecomunicações Nortel busca assessoria para avaliar os benefícios de um processo de concordata.

De volta ao mercado interno, Petrobras PN tinha valorização de 7,90%, a R$ 21,70, acompanhando o ganho de 8% no preço do petróleo WTI. Vale PNA avançava 5,52%, valendo 25,02. Entre as siderúrgicas, Gerdau PN tinha alta de 2,88%, a R$ 16,39, enquanto a ação PNA da Usiminas aumentava 5,59%, para R$ 28,30.

Acompanhando o sinal externo, os bancos mudam de direção. Bradesco PN perdia 1,38%, para R$ 24,95, e Itaú PN recuava 1,18%, a R$ 29,30.

O setor de telecom segue liderando as perdas. Brasil Telecom SA PN perdia 6,82%, para R$ 15,71, e Telemar PN registrava queda de 5,47%, a R$ 34,55.

Com mais de R$ 90 milhões em volume, o papel ON a Positivo sobe forte pelo terceiro pregão seguido. Há pouco, o ativo avançava 12,11%, para R$ 10,09. A expectativa de venda da companhia já puxou uma alta de 90% entre segunda e terça-feira.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG