Tamanho do texto

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está convocando 1.841 aposentados e pensionistas que realizaram o censo previdenciário por intermédio de procuradores ou representantes legais, e que não foram localizados pelos servidores do instituto, nos endereços indicados.

Em nota, o INSS esclarece que apesar dos dados terem sido atualizados pelos procuradores, o órgão precisa localizar e comprovar que o titular está vivo.

Os editais de convocação serão publicados amanhã nos jornais de grande circulação dos Estados brasileiros. Os convocados terão prazo de 30 dias para comparecer à agência da Previdência Social que mantém seu benefício, munidos de documento de identidade com fotografia e CPF. Se o convocado for pessoalmente, o cadastro é regularizado imediatamente. Do contrário, será feita nova visita para a confirmação de vida por um servidor do órgão.

O INSS acrescenta que somente depois que o funcionário do órgão conseguir localizar o beneficiário é que o cadastro voltará à normalidade. Se ao final de 120 dias persistir a falta de informação, o benefício será cessado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.