SÃO PAULO - A incorporadora imobiliária InPar informou hoje que fechou acordo com um investidor estrangeiro para realização de um aporte de capital na companhia. Pelos termos da transação, que ainda precisa ser aprovada em assembléia, existe a possibilidade até de que este investidor se torne acionista controlador da empresa.

De acordo com comunicados divulgados hoje ao mercado, será feito um aumento no valor de R$ 180 milhões, com a emissão de 102.857.143 ações ordinárias, elevando o capital a R$ 965,9 milhões. Cada ação será subscrita a R$ 1,75.

Ainda segundo a InPar, os atuais acionistas controlares da empresa - ISA Incorporação e Construção S.A., José Alfredo Fernandes Neves, Cláudio Henrique Fernandes Neves, Antonio Henrique de Souza Campos Neves e Flavio Cesar de Souza Campos Neves - e o Ascet I - FIP firmaram acordo com o Paladin Prime Residential Investors (Brazil), LLC cedendo parte das ações que poderiam subscrever a este investidor.

A princípio, o Paladin Prime terá direito a comprar 54.060.712 ações, pelo total de R$ 94,6 milhões. Caso os controlares decidam não subscrever um montante de 2.000.000 ações, o investidor estrangeiro poderá comprar esses papéis, totalizando 56.060.712 ações, por R$ 98,1 milhões.

Conforme o contrato, haverá ainda o compromisso do Paladin Prime de subscrever o restante das ações a serem emitidas no processo de aumento de capital, caso os demais acionistas minoritários não exerçam esse direito.

Após o final da transação, a participação acionária do Paladin Prime na InPar deve variar entre 27,3% e 52% do total. Já a fatia somada de ISA, Grupo Neves e FIP Ascet, atualmente em 54,5%, será diluída para uma faixa entre 27,2% e 26,2%.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.