O grupo holandês de banco e seguros ING anunciou nesta segunda-feira que demitirá 7.000 funcionários em todo o mundo em 2009, como parte de um plano de corte de gastos de um bilhão de euros.

"A ING adota medidas para contra-atacar as implicações de condições econômicas e de mercado que mudam de forma persistente", afirma o grupo em um comunicado.

"A empresa adotará diferentes medidas para reduzir os riscos e os custos e para aumentar a concentração nas atividades chaves de poupança e investimentos", acrescenta a nota.

Segundo resultados provisórios, o grupo holandês registrou um prejuízo líquido de um bilhão de euros (1,29 bilhão de dólares) em 2008.

Também anunciou a saída do diretor executivo, Michel Tilmant.

A ING recebeu no dia 19 de outubro uma injeção de capital de 10 bilhões de euros (12,9 bilhões de dólares) do governo da Holanda.

axr/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.