Tamanho do texto

SÃO PAULO - A Empresa Brasileira de Infra-estrutura Aeroportuária (Infraero) recebeu licença ambiental para conduzir a ampliação do aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, São Paulo. Com o documento, a empresa pode levar adiante a construção do terceiro terminal de passageiros, assim como aumentar o pátio de aeronaves, o acesso viário e o edifício garagem.

Com essas obras, a capacidade do aeroporto deverá ser elevada para mais de 12 milhões de passageiros por ano.

As licenças ambientais eram um dos entraves ao processo de ampliação de Guarulhos. Mesmo um das primeiras, que deveria ter sido concedida antes da construção, só foi dada em março deste ano, com mais de 20 anos de atraso. Além disso, a Infraero afirma que ainda trabalha para a obtenção da licença de instalação do aeroporto.

Segundo a estatal, porém, agora o aeroporto está ambientalmente equilibrado, como afirma o superintendente de Meio-Ambiente do terminal, Álvaro Valente.

Leia mais sobre Infraero