A taxa de inflação na zona do euro registrou desaceleração recorde em novembro, despencando para 2,1%, de 3,2% em outubro, segundo estimativa preliminar da agência de estatísticas Eurostat. Trata-se da maior queda na inflação em base anual desde que os registros começaram em 1997 e é o menor aumento no índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) desde setembro do ano passado.

O dado também superou as expectativas de economistas, que esperavam um aumento de 2,4% do CPI em base anual.

Entre os países, dados preliminares da Alemanha mostraram que o índice de preços ao consumidor caiu 0,5% em novembro ante outubro e subiu 1,4% ante outubro do ano passado. É a menor taxa em base anual em quase dois anos. Na Espanha, o índice de preços ao consumidor harmonizado com a União Européia subiu 2,4% em novembro ante novembro do ano passado, após aumento de 3,6% em outubro. A zona do euro é composta por 15 países da Europa que compartilham o euro como moeda. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.