Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Inflação pelo IPC-S acelera em todas as 7 capitais, aponta FGV

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) informou nesta terça-feira que, das sete capitais pesquisadas para o cálculo do Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S), todas apresentaram elevação de preços mais intensa, ou fim de deflação, na passagem da terceira prévia de outubro para o dado fechado do indicador no mês passado.

Agência Estado |

 

Na cidade de São Paulo, a inflação no varejo apresentou aceleração, no âmbito do IPC-S. Segundo a FGV, os preços na capital paulista subiram 0,54% no índice fechado de outubro, em comparação com a alta de 0,49% apurada no IPC-S anterior, medido até 22 de outubro.

Além de São Paulo, houve acelerações de preços, ou fim de taxas negativas, em Brasília (de 0,19% para 0,50%); Belo Horizonte (de 0,24% para 0,29%); Rio de Janeiro (de 0,41% para 0,54%); Recife (de 0,20% para 0,45%); Porto Alegre (de -0,17% para 0,18%) e Salvador (de -0,01% para 0,32%).

Embora todas as cidades contribuam para a formação do IPC-S, a inflação na cidade de São Paulo é a de maior peso no cálculo do índice - cujo resultado final de outubro também mostrou inflação mais intensa, de 0,34% para 0,47%, entre a terceira e a última prévia do mês passado, conforme anunciado ontem pela FGV.

Leia tudo sobre: inflaçao ipc

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG