Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Inflação no varejo paulistano subiu 4,75% em 2008

SÃO PAULO - A inflação medida na capital paulista junto ao setor varejista ficou praticamente estável em dezembro, com alta de 0,04% ante novembro, e fechou o ano de 2008 com alta de 4,75%, ligeiramente acima da inflação de 2007 para este setor da economia, de 4,22%. Segundo a Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomercio), a elevação de preços em vários segmentos no mês passado foi compensada pela baixa observada nos preços de veículos e produtos eletroeletrônicos, o que justificou o recuo do Índice de Preços do Varejo (IPV) no período.

Valor Online |

No ano, as principais pressões de alta vieram dos grupos Supermercados, onde a elevação de preços chegou a 6,78%; Vestuário, Tecidos e Calçados (3,96%), Material de Construção (21,7%), Padarias (11,96%) e Açougues (16,46%). Na ponta inversa, os preços de veículos fecharam o ano com baixa de 0,22%, os eletrônicos caíram 10,61% e os preços de CDs diminuíram 0,10%.

Também avançou no ano a inflação apurada nos grupos Feiras (4,62%), Floricultura (9,85%), Jornais e Revistas (1,75%), Óticas (4,69%), Material de escritório e outros (3,72%), Drogarias e Perfumarias (5,74%), Brinquedos (1,87%), Relojoarias (10,63%), Livrarias (2,23%), Autopeças e Acessórios (5,06%), Eletrodomésticos (0,23%) e Combustíveis e Lubrificantes (1,20%).

Considerando apenas o mês de dezembro perante novembro, vale destacar que os preços de veículos da cidade diminuíram 1,36% em relação a novembro, afetados pelo recuo na demanda por esses produtos desde o agravamento da crise internacional, em outubro.

Para os eletrônicos ainda foi possível sentir um ajuste negativo, de 1,08%, mesmo com a alta do dólar. Nos Supermercados, houve queda de 0,26% no período.

Leia tudo sobre: inflação sp

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG