BRUXELAS (Reuters) - A inflação na zona do euro recuou mais que o esperado em dezembro atingindo o menor patamar em 26 meses, informou a agência de estatísticas da União Européia nesta terça-feira, aumentando as expectativas de outro corte da taxa de juro pelo Banco Central Europeu (BCE) na próxima semana. A inflação nos 15 países que usam o euro como moeda em dezembro ficou em 1,6 por cento, na comparação anual, estimou a Eurostat, ante 2,1 por cento em novembro e bem abaixo da meta de 2 por cento do BCE.

Economistas consultados pela Reuters esperavam que a inflação recuasse para 1,8 por cento.

(Reportagem de Jan Strupczewski)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.