Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Inflação medida pelo IGP-10 abranda para 0,03% em dezembro

RIO - O Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) diminuiu para 0,03% em dezembro após elevação de 0,73% um mês antes. Influenciou no resultado a queda nos preços no atacado.

Valor Online |

No acumulado do ano, o indicador avançou 10,27%, a mesma taxa registrada em 12 meses.

Pelo levantamento da Fundação Getulio Vargas (FGV) apresentado há pouco, o Índice de Preços por Atacado (IPA) declinou 0,22% este mês, uma inversão da direção tomada em novembro, de alta de 0,81%. Os produtos agropecuários baixaram 0,21% e os produtos industriais perderam 0,22%. No levantamento anterior, foram registrados decréscimo de 0,85% e ampliação de 1,41%, respectivamente.

Dos três setores compreendidos pelo IPA, dois deles tiveram recuo - os Bens Intermediários caíram 0,88% e os Bens Finais verificaram diminuição de 0,16%. As Matérias-Primas Brutas, porém, expandiram-se 0,71%.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) passou de um acréscimo de 0,49% para 0,62% entre novembro e dezembro. Considerando esta comparação, subiram mais os grupos Alimentação (0,91% para 1%), Habitação (0,37% para 0,57%) e Saúde e cuidados pessoais (0,41% para 0,59%).

A FGV mostrou ainda intensificação no ritmo de crescimento de Educação, leitura e recreação e Transportes. Despesas Diversas abandonaram retração de 0,15% em novembro para alta de 0,22%.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) avançou 0,33% este mês, seguindo elevação de 0,74% no mês passado. O indicador relativo a Materiais e Serviços subiu 0,49% e o índice referente à Mão-de-obra teve ampliação de 0,14%, taxas inferiores àquelas apuradas em novembro, de 1,22% e 0,17%, na ordem.

O IGP-10 é calculado com base nos preços coletados entre os dias 11 do mês anterior e 10 do mês de referência.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG