Roma, 15 set (EFE).- A inflação na Itália foi de 4,1% anualizado durante agosto, a mesma que em julho, segundo os dados definitivos do Instituto Italiano de Estatística (Istat), que revisou em um décimo em alta sua primeira estimativa.

Este dado representa o nível máximo alcançado pela inflação desde junho de 1996.

A inflação progrediu 0,1% em agosto frente ao mês precedente, com o que o Istat confirmou, neste caso, seus primeiros dados provisórios publicados no dia 29 de agosto.

Os aumentos anualizados mais importantes aconteceram nos itens moradia, água, eletricidade e combustíveis (8,2%); transportes (7,5%) e produtos alimentícios e bebidas não alcoólicas (6,3%).

Os preços no setor dos serviços sanitários e despesas de saúde mantiveram-se estáveis, enquanto se reduziram para as comunicações (3,9%): EFE cr/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.