Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Inflação desacelera em julho no Brasil

Rio de Janeiro, 8 ago (EFE).- A inflação brasileira, que no primeiro semestre de 2008 acumulou sua maior alta em cinco anos, começou a ceder em julho graças a uma menor pressão dos preços dos alimentos, informou nesta sexta-feira o Governo.

EFE |

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi, em julho, de 0,53%, após chegar a 0,79% em maio e a 0,74%, em junho, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

Apesar da taxa do mês passado ter sido bem maior que a de julho de 2007 (0,24%), o índice não era tão baixo desde março deste ano (0,48%).

A inflação acumulada nos primeiros sete meses do ano ficou em 4,19%, contra 2,32% no mesmo período de 2007, e o índice anualizado até julho chegou a 6,37%.

Este índice ameaça a meta do Governo de fechar o ano com uma taxa de 4,5%, com margem de tolerância de dois pontos percentuais para cima ou para baixo (entre 2,5% e 6,5%).

Segundo as últimas previsões do Banco Central, a inflação deste ano será de 6%. Os economistas dos bancos privados calculam que o Brasil fechará o ano com uma inflação de 6,4%.

Se essas previsões forem confirmadas, a inflação de 2008 será de quase dois pontos percentuais acima da do ano passado (4,46%) e a maior desde 2005, quando foi de 5,69%. EFE cm/fh/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG