Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Inflação da França tem alta recorde em junho

A inflação da França atingiu o seu mais alto patamar em 17 anos, devido à alta dos preços dos alimentos e da energia, disse nesta quarta-feira o Instituto Nacional de Estatísticas (Insee). O índice de preços ao consumidor do país aumentou 0,4% no mês e 3,6%, em bases anuais, em junho, em linha com as estimativas dos economistas ouvidos pela Dow Jones Newswires.

Agência Estado |

Em maio, o índice subiu 0,5% no mês e 3,3%, em bases anuais.

Os preços da energia aumentaram 3,5% no mês e 18,8%, em 12 meses, em junho, com os preços dos produtos de petróleo aumentando 5,4% no mês e 28%, em um ano.

Os preços dos alimentos tiveram alta de 0,2% no mês e de 5,5%, em um ano, em junho, com os preços dos alimentos frescos subindo 1,6% no mês e 3,7%, em bases anuais.

Os preços dos produtos manufaturados ficaram estáveis no mês, em junho, e avançaram 0,2%, em bases anuais, com os preços das roupas e sapatos registrando alta de 0,3% no mês e 0,8%, em bases anuais.

Os preços dos serviços avançaram 0,1% no mês e 2,4%, em um ano.

O núcleo da taxa de inflação, que exclui os preços e serviços que tendem a ser voláteis ou são afetados por mudanças de impostos, subiu 0,2% no mês e 2%, em bases anuais.

Segundo o instituto, o índice de preços ao consumidor da França harmonizado com a União Européia teve alta de 0,4% no mês, e 4%, em termos anuais, em junho. Em maio, o índice subiu 0,6% no mês e 3,7%, em 12 meses. As informações são da Dow Jones

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG