Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Inflação britânica desacelera menos que o esperado em novembro

LONDRES (Reuters) - A inflação na Grã-Bretanha desacelerou menos que o esperado em novembro, mostraram dados oficiais divulgados nesta terça-feira, mas a previsão ainda é de uma queda acentuada no curto prazo devido a uma redução do consumo e à queda dos preços de combustíveis. A agência nacional de estatísticas informou que os preços ao consumidor caíram 0,1 por cento no mês passado, trazendo para baixo a taxa anualizada para 4,1 por cento, frente a 4,5 por cento em outubro.

Reuters |

Essa foi a menor taxa desde junho, mas ela ainda é mais que o dobro da meta estipulada pelo Banco da Inglaterra de 2 por cento e acima das previsões de uma leitura de 3,9 por cento.

Os formuladores de política monetária estão convencidos, entretanto, de que a inflação não é mais uma ameaça e que a recessão se apresenta como o maior perigo. Dessa forma, os dados não devem alterar as expectativas de mais cortes agressivos de juro nos próximos meses.

A agência divulgou que o que mais pesou na queda da inflação foram os custos com transporte que contribuiu com a queda de 0,45 ponto percentual da taxa anualizada, à medida que os preços de combustíveis recuaram acentuadamente.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG