Tamanho do texto

A Infineon Technologies AG encerrou o trimestre até junho com prejuízo líquido de 592 milhões de euros, refletindo um baixo desempenho em sua unidade de chip de memória Qimonda AG e uma depreciação adicional no valor da participação naquela empresa.

No resultado, está uma redução de 411 milhões de euros no valor da fatia de 77,5% que a Infineon possui na Qimonda. A companhia também culpou o euro forte e os custos mais elevados. Um ano antes, a empresa alemã do setor de semicondutores obteve lucro de 197 milhões de euros. A receita subiu 1,8% e fechou os três meses até junho em 1,03 bilhão de euros.

A Infineon alertou que pretende diminuir sua participação na Qimonda para abaixo de 50% no começo de 2009 fiscal e que vai eliminar 3 mil empregos como parte de seu programa de reestruturação. O objetivo é diminuir os custos em ao menos 200 milhões de euros anuais.

(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.