Tamanho do texto

Jacarta, 31 - A Indonésia pode restringir as exportações de biocombustíveis para 50% da produção para garantir oferta suficiente do produto no mercado doméstico, segundo Purnomo Yusgiantoro, ministro de Energia e Recursos Minerais. Segundo ele, quando os preços globais dos biocombustíveis estiverem altos, a restrição beneficiará a Indonésia, já que garantir oferta interna suficiente.

Mas quando os preços estiverem baixos, o movimento beneficiará os produtores, pois eles terão um mercado pronto para absorver a produção.

O Ministério de Energia e Recursos Minerais irá discutir a proposta com o Ministério da Coordenação Econômica na semana que vem. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.