SÃO PAULO - Ao menos 12 pessoas ficaram feridas e dezenas de casas sofreram danos por conta do terremoto de mais de 7 graus na escala Richter que atingiu a província de Aceh, na ilha de Sumatra, na Indonésia, nesta quarta-feira. Segundo informações da agência de notícias Xinhua, quatro das vítimas que foram encaminhadas ao hospital estão com ferimentos graves.

SÃO PAULO - Ao menos 12 pessoas ficaram feridas e dezenas de casas sofreram danos por conta do terremoto de mais de 7 graus na escala Richter que atingiu a província de Aceh, na ilha de Sumatra, na Indonésia, nesta quarta-feira. Segundo informações da agência de notícias Xinhua, quatro das vítimas que foram encaminhadas ao hospital estão com ferimentos graves. Ainda segundo a Xinhua, o terremoto ocorreu às 5h15 no horário de Jacarta, com epicentro a 75 quilômetros a sudeste da província de Sinabang e profundidade de 34 quilômetros. Mais tarde, a região foi atingida por tremores de magnitude menor. O terremoto foi sentido também nas províncias localizadas nas proximidades do Norte de Sumatra. Um canal de televisão local mostrou o pânico que havia tomado conta de residentes de Sibolga. As pessoas que moram perto da costa correram para áreas mais altas, por conta do temor de ocorrência de tsunami, após o terremoto. O centro nacional de aviso de desastres da Tailândia (NDWC, na sigla em inglês) chegou a emitir um alerta de tsunami, mas depois cancelou o aviso. O NDWC tinha dito que existia risco de ondas gigantes na Costa Andaman. Já o jornal Jakarta reportou que, no Norte de Sumatra, ao menos 11 geradores de energia elétrica de propriedade da companhia estatal PLN tiveram suas operações interrompidas, após o terremoto. O gerente-geral da PLN para o Norte de Sumatra disse ao jornal que o problema causou apagões em muitas localidades da província, porque a empresa perdeu mais de 60% de sua capacidade total de 1.300 megawatts. (Karin Sato | Valor, com agências internacionais)
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.