Os índios que ocuparam a usina de Dardanelos, no município de Aripuanã, em Mato Grosso, libertaram ontem os cinco engenheiros da companhia construtora que mantinham reféns

selo

Os índios que ocuparam a usina de Dardanelos, no município de Aripuanã, em Mato Grosso, libertaram ontem os cinco engenheiros da companhia construtora que mantinham reféns. No domingo, 300 índios de 11 etnias fizeram reféns cerca de 100 operários que trabalham na obra, trocando-os na manhã de ontem pelos engenheiros. Os índios protestam porque a construtora dinamitou parte de um sítio arqueológico considerado sagrado por eles e exigem uma compensação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.