Tamanho do texto

A atividade manufatureira da China se expandiu num ritmo menor em junho, conforme mostraram as duas pesquisas de gerentes de compras divulgadas nesta quinta-feira, num sinal de que as medidas de aperto tomadas pelo governo estão tirando parte da efervescência da recuperação econômica do país

A atividade manufatureira da China se expandiu num ritmo menor em junho, conforme mostraram as duas pesquisas de gerentes de compras divulgadas nesta quinta-feira, num sinal de que as medidas de aperto tomadas pelo governo estão tirando parte da efervescência da recuperação econômica do país.

O índice de gerentes de compra (PMI, na sigla em inglês) oficial, apurado pela Federação de Logística e Compra da China (CFLP, na sigla em inglês) e pelo Escritório Nacional de Estatísticas, caiu para 52,1 em junho, de 53,9 em maio. Foi o segundo mês consecutivo de declínio, mas também o 16º mês consecutivo em que o indicador ficou acima da marca de 50, que sinaliza expansão da economia.

O HSBC China PMI teve queda mais acentuada, para 50,4 no mês passado, de 52,7 em maio. Neste indicador, a queda foi a terceira consecutiva.

As fortes baixas em ambos os indicadores tornam menos provável a introdução de novas medidas de aperto pelo governo chinês. O premiê Wen Jiabao já declarou nesta semana que o governo seguirá em frente com as políticas econômicas, uma vez que a economia do país está se movendo na direção esperada. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.