Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Índice futuro sugere pregão de forte alta na Bovespa

SÃO PAULO - Depois de uma semana de perdas bastante acentuadas o humor dos investidores parece ter melhorado um pouco com a possibilidade de solução para o Citigroup. Tanto aqui quanto em Wall Street, a ajuda governamental ao banco puxa os índices futuros para cima, sugerindo um começo de pregão em alta na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa).

Valor Online |

Há pouco, o Ibovespa com vencimento em dezembro apresentava ganho de 5,49%, aos 33.390 pontos.

Depois de diversas discussões no fim de semana, o governo dos EUA anunciou ontem que injetará US$ 20 bilhões no Citi e garantirá bilhões de dólares em ativos de risco que estão na carteira do banco. O dinheiro virá do plano de US$ 700 bilhões voltado ao resgate do setor financeiro.

O resgate, desenhado pelo Departamento do Tesouro, Federal Reserve (Fed), banco central norte-americano e pela Federal Deposit Insurance Corp (FDIC, que garante os depósitos bancários), visa acalmar a falta de confiança que envolve o banco e evitar o colapso do gigante financeiro que poderia agravar ainda mais a crise. " Com essas transações, o governo dos EUA está tomando as medidas necessárias para fortalecer o sistema financeiro, proteger os contribuintes e a economia " , disseram os três órgãos por meio de comunicado.

A notícia já tem reflexo na Europa, onde os investidores atuam na ponta compradora refazendo suas posições nos setores financeiros e de commodities.

O mercado asiático não enxergou a notícia envolvendo o Citi como um sinal de compra. Ao final da segunda-feira, Seul e Hong Kong apontaram quedas de 3,35% e 1,59%, respectivamente. E Xangai perdeu 3,67%. Tóquio não operou.

Ainda na Ásia, começam a surgir notícias sugerindo que o governo da China poderá aumentar salários, cortar impostos e canalizar mais dinheiro para as pessoas de baixa renda como parte dos esforços para manter o consumo interno aquecido. As medidas seriam discutidas durante encontro do Partido Comunista no começo de dezembro.

Na sexta-feira, a bolsa brasileira registrou mais um dia de acentuada perda. Seguindo a instabilidade externa e ajustando preços depois do feriado da quinta-feira, Dia da Consciência Negra, o Ibovespa caiu 6,45%, encerrando aos 31.250 pontos. Na semana, o índice afundou 12,68%.

Por causa da diferença de horário, a bolsa brasileira escapou do principal acontecimento da sexta-feira. No final do dia, começaram a sair notícias sobre nomeações de importantes cargos para o governo Barack Obama. Os negócios em Wall Street mudaram de direção depois que o presidente da unidade de Nova York do Federal Reserve (Fed), Timothy Geithner, seria o escolhido para secretário do Tesouro em lugar de Henry Paulson.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG