Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Índice futuro sugere mais um dia de alta na Bovespa

SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) deve tentar confirmar o ganho de quase 10% registrado na sessão de ontem. A indicação vem do mercado futuro, onde o Ibovespa com vencimento em dezembro apresenta alta de 0,95%, aos 34.

Valor Online |

730 pontos.

Já em Wall Street, os índices futuros sinalizam uma pausa depois de dois dias de acentuada valorização. Na Europa, os indicadores superaram a instabilidade do começo do pregão e voltaram a operar no terreno positivo. Há pouco, Londres subia 1,85%, enquanto Frankfurt ganhava 0,83%.

Na agenda do dia, atenção para a segunda preliminar do Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos no terceiro trimestre - a previsão aponta para queda de 0,5%. O Conference Board apresenta o índice de confiança do consumidor.

No âmbito corporativo destaque para o setor de mineração, a BHP Billiton retirou sua oferta de US$ 66 bilhões pela rival Rio Tinto, alegando deterioração do ambiente econômico e acentuada queda no preço das commodities.

Por aqui, atenção para as ações da Gerdau. A queda na demanda levou a siderúrgica a cortar a produção em duas unidades - a Gerdau Açominas, em Minas Gerais, e na Siderperú, no norte do Peru. A empresa afirma que atenderá aos pedidos com o próprio estoque.

No pregão de ontem, a euforia tomou conta dos investidores depois que o governo dos EUA decidiu agir e resgatar o Citigroup, mitigando, assim, uma grande fonte de incerteza. O banco receberá US$ 20 bilhões e o governo garantirá outros US$ 300 bilhões em ativos de risco que estão na carteira da instituição.

A notícia promoveu um onde de compras em Wall Street e na Europa e puxou uma disparada de 9,4% no Ibovespa, que fechou aos 34.188 pontos. Empresas de commodities e bancos foram os grandes destaques.

Além da notícia no campo financeiro, os investidores voltaram a aplaudir a nomeação da equipe econômica do presidente Barack Obama. Os nomes, já apresentados na sexta-feira, foram formalizados ontem.

Ao fim do pregão, o Dow Jones subiu 4,93%, já o Nasdaq aumentou 6,33%. Na Europa, o dia também foi positivo.

Hoje, Obama deve apresentar seu plano de orçamento, tentando conciliar dois pontos discrepantes, gastos monstruosos para ativar a economia e busca por um maior controle fiscal.

Reagindo ao pregão de segunda-feira, as compras foram bastante acentuadas na Ásia. Tóquio registrou valorização de 5,22%, Seul e Hong Kong aumentaram 1,36% e 3,38%. Na contramão, Xangai perdeu 0,44%.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG