Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Índice Dow Jones de sustentabilidade tem 8 brasileiras

Oito companhias brasileiras, de cinco setores diferentes, fazem parte do índice Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI) 2008, cuja revisão anual foi anunciada hoje. São elas Aracruz, Bradesco, Itaú Holding Financeira, Cemig, Itaúsa Investimentos, Petrobras, Usiminas e Votorantim Celulose e Papel (VCP), que foi incluída na versão deste ano.

Agência Estado |

No total, o índice deste ano é composto por 320 companhias do mundo inteiro, que atuam em 19 setores diferentes, como bancário, químico, automobilístico, serviços públicos e petróleo e gás. Para cada setor, um líder é escolhido, e a brasileira Itaúsa foi eleita a líder do setor de serviços financeiros.

No total, 33 empresas mundiais entraram no índice na revisão anunciada hoje. China Mobile e Tata Steel são alguns dos destaques desse grupo. Já 25 empresas de todo o mundo - nenhuma brasileira - foram retiradas, entre elas a fabricante de equipamentos eletrônicos Alcatel-Lucent, o banco francês Société Générale, a também fabricante de produtos eletrônicos Sony, a produtora de alumínio Alcoa e a empresa de produtos de higiene pessoal Procter&Gamble. Dessa forma, o índice passou de 312 componentes em 2007 para 320 este ano.

A companhia de gerenciamento de ativos Sam, que é especializada em investimento sustentável e tem sede em Zurique, é responsável pela metodologia do DJSI. O índice é considerado um importante parâmetro para análise dos investidores mundiais sócio e ambientalmente responsáveis e existe desde 1999. Esta é, portanto, sua décima versão.

A revisão começou a ser feita na última semana de abril e ao todo 45 companhias brasileiras foram convidadas a participar do processo de seleção. Elas tiveram até o dia 4 de junho para responder a um questionário elaborada pelo Sam, para avaliar a sustentabilidade de longo prazo em termos econômicos, ambientais e sociais. Para a pré-seleção, o convite às empresas depende da capitalização de mercado, com base no free float (parcela de ações que de fato circula no mercado), em 31 de dezembro.

"Os resultados da revisão anual da família DJSI são observados atentamente pelos participantes de mercado em todo o mundo. Atualmente, gestores de ativos de 16 países têm acesso aos índices para gerenciar uma variedade de portfólios pautados pela sustentabilidade, incluindo fundos mútuos, contas segregadas e produtos estruturados. Os ativos totais sob gerenciamento em veículos de investimento baseados no DJSI estão hoje próximos de US$ 6 bilhões", afirmou a Sam, em comunicado.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG