SÃO PAULO - O índice de preços ao consumidor no Japão subiu 2,4% em julho na comparação com um ano atrás. Foi o avanço mais expressivo do indicador, que exclui alimentos frescos, em mais de 10 anos e seguiu acréscimo de 1,9% em junho. Muitos economistas previam elevação de 2,3%.

O governo japonês creditou a alta verificada em julho aos preços mais elevados dos alimentos e da energia. O indicador geral cresceu 2,3% em julho, no nível mais significativo desde outubro de 1997, quando avançou 2,5%.

Na base mensal, o índice cheio aumentou 0,2% entre junho e julho e o indicador sem alimentos frescos teve expansão de 0,4%.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.