Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Indicadores internos dão o tom dos negócios na terça-feira

SÃO PAULO - A terça-feira tem fraca agenda de indicadores tanto em âmbito doméstico quanto externo. Por aqui, atenção para alguns dados da indústria.

Valor Online |

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) traz a pesquisa industrial de emprego e salário referente ao mês de novembro e a Fundação Getúlio Vargas (FGV) apresenta o Sinalizador da Produção Industrial relativo ao mês de dezembro.

As expectativas quanto ao setor se deterioraram bastante depois que o IBGE apontou queda de 5,2% na produção no mês de novembro, pior resultado desde 1995, e a Anfavea divulgou uma queda de 47% na produção de carros no mês de dezembro.

No mercado externo, sai o resultado da balança comercial norte-americana de novembro. A previsão aponta para déficit de US$ 51 bilhões, recuando de US$ 57 bilhões. Também é esperado discurso do presidente do Federal Reserve (Fed), banco central norte-americano, Ben Bernanke.

Atenção também para a reação dos investidores aos resultados trimestrais da Alcoa. A gigante do alumínio deu a largada na temporada de balanços trimestrais nos EUA apresentando prejuízo de US$ 1,2 bilhão, ou US$ 1,49 por ação, contrastando com lucro de US$ 632 milhões em igual período do ao passado. Na quinta-feira, sai o resultado do JP Morgan, que antecipou em mais de uma semana a divulgação dos números, e da Intel.

A agenda de indicadores ainda reserva as vendas no varejo e os índices de preços no atacado e no varejo dos EUA. Por aqui, foco no desempenho do comércio varejista em novembro.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG