Os contratos futuros de petróleo fecharam com queda forte, pressionados pelos fracos dados econômicos divulgados ontem. Êxodo dos fundos de investimentos, valorização do dólar e demanda em queda derrubaram os futuros em mais de US$ 80 por barril desde o pico alcançado em julho.

Em Nova York, os contratos para dezembro recuaram 5,75%, para US$ 63,91 o barril. Em Londres, o petróleo Brent fechou com queda de 7,41%, em US$ 60,48. Nos EUA, o índice de atividade industrial contraiu para o menor nível desde setembro de 1982.

Na zona do euro, o índice de atividade industrial indicou contração no setor pelo quinto mês consecutivo em outubro e na China, o mesmo índice também recuou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.