SÃO PAULO - Indicado pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para ocupar o cargo de secretário da Saúde, Tom Daschle pediu hoje para ter seu nome retirado, por conta de problemas com pagamento de impostos. Em nota, Obama disse que aceitou o pedido, embora tenha lamentado o fato.

Daschle, que teria deixado de pagar US$ 100 mil em impostos na data certa, pediu desculpas aos senadores pelo que chamou de erro, mas ainda assim desistiu da nomeação.

Também citando problemas com impostos, Nancy Killefer, que seria a primeira a ocupar o cargo de chefe de performance do governo - com o objetivo de controlar os gastos públicos -, igualmente retirou seu nome.

Outro nomeado por Obama que teve problemas com impostos é Timothy Geithner, que aceitou a indicação para a secretaria do Tesouro e teve seu nome aprovado pelo senado. Ele deixou de recolher US$ 34 mil em tributos.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.