Se até pouco tempo atrás a Índia podia se gabar de ter uma economia pouco chamuscada pela crise financeira mundial, essa realidade ganhou contornos bem mais dramáticos no fim de semana. O tremor financeiro, com epicentro nos Estados Unidos e antes mais restrito ao mercado acionário indiano e a um par de setores locais voltado à exportação, parece estar se irradiando para a economia real.

Os jornais deste fim de semana não poderiam ser mais explícitos. O The Economic Times estampou na manchete de sua edição de sábado: "Alerta Vermelho". Já para o Hindustan Times, a "história da Índia está em jogo". O agravamento da crise ganhou destaque também no noticiário de TV, antes mais focado no críquete - como o futebol no Brasil, uma paixão nacional na Índia - e nas novidades sobre os astros e estrelas de Bollywood, a bilionária indústria cinematográfica indiana.

Inevitavelmente, os jornais locais falam de "rumores desenfreados, puro pânico e crise de confiança". Existe um receio de que muito bancos deixarão de renovar empréstimos às empresas locais ao longo das duas próximas semanas. "Se os bancos pedirem às empresas para saldarem suas dívidas no dia do vencimento, muitas sentirão o golpe”, disse um banqueiro ao The Economic Times. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.