Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Índia espera que os EUA assumam liderança no acordo da OMC

A Índia espera que os Estados Unidos liderem um acordo sobre liberalização das trocas comerciais na OMC (Organização Mundial do Comércio) para combater as tentações protecionistas ligadas à crise, indicou nesta quinta-feira em Doha o ministro indiano do Comércio Kamal Nath.

AFP |

"Estamos convencidos de que a administração americana olhará de um ponto de vista positivo a Rodada de Doha (que deve liberar as trocas comerciais)", explicou Nath, paralelamente à reunião anual do Fórum Econômico mundial de Davos (Suíça).

"Esperamos que os Estados Unidos assumam o papel de 'leadership' da conclusão desta rodada", acrescentou. As últimas negociações ministeriais da Rodada de Doha, realizadas há sete anos na capital do Qatar, fracassaram em julho sobre um desacordo entre Nova Délhi e Washington.

"Com a crise, ainda é mais imperativo ter um sistema multilateral regulado", insistiu o responsável indiano.

Nath manifestou ainda suas preocupações com os "sinais protecionistas" surgidos no mundo.

"O protecionismo continua sendo uma ameaça... tivemos um eco das medidas do protecionismo (adotadas) por alguns países", destacou.

"Estou convencido de que no longo prazo, o protecionismo não ajuda nenhuma situação econômica em nenhum país", disse Nath, insistindo: "não é nada bom para a economia mundial".

A ameaça do protecionismo é assunto recorrente nos corredores de Davos, onde 2.500 autoridades de 96 países evocam desde quarta-feira os meios para tirar o mundo de sua maior crise econômica desde à Grande Depressão dos anos 30.

at/lm

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG