F - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Índia diz que chega à reunião da OMC com boa oferta em serviços

Genebra, 23 jul (EFE).- A Índia afirmou que apresentará uma boa oferta em matéria de serviços na reunião ministerial da Organização Mundial do Comércio (OMC), que dura três dias e que contou com a presença hoje do ministro do Comércio indiano, Kamal Nath.

EFE |

Em uma conferência prévia a uma reunião restrita aos principais países desta negociação (Estados Unidos, a União Européia, Japão, África do Sul, Brasil, Índia e China), o ministro lembrou que o setor de serviços representa "mais de 50% do PIB de Índia".

O indiano destacou que os EUA e a UE disseram, através de cartas, que mostrariam posições flexíveis nestas negociações - que incluem agricultura e abertura de mercados para bens industriais - na medida em que "haja uma boa oferta em serviço".

Nath não quis comentar qualquer detalhe sobre a oferta de seu país, pois disse que para fazê-lo primeiro precisa ver que propostas serão feitas.

Ele esclareceu que neste assunto, a "Índia não trata de questões de migração e não tem nenhuma reivindicação a respeito".

Nesse sentido, disse que o que seu país procura é uma disposição "que permita que profissionais independentes e provedores de serviços contratuais possam trabalhar" em outros países, o que é de particular importância para a indústria de informática e de telecomunicações de Índia.

Nath voltou a comentar, de maneira menos dura em relação a suas declarações anteriores, o anúncio dos EUA de que está disposto a diminuir subsídios agrícolas americanos para US$ 15 bilhões anuais.

"É preciso reconhecer que os EUA estão se movimentando e isso é bom", ressaltou. EFE is/prb/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG