Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Índia afirma que G20 superou G7 na resolução de problemas econômicos

Nova Délhi, 18 nov (EFE).- O ministro de Finanças indiano, Palaniappan Chidambaram, disse hoje que o Grupo dos Vinte (G20, que reúne os países mais ricos e os principais emergentes) transformou-se no fórum mundial mais importante para resolver problemas econômicos.

EFE |

"O G7 (os sete países mais industrializados do mundo) reconheceu tardiamente que não tem a solução para todos os problemas", disse Chidambaram durante a realização do Fórum Econômico Indiano, segundo um comunicado emitido pela organização.

Chidambaram, que fez parte da delegação indiana que viajou a Washington para participar, no último dia 15, da Cúpula do G20, classificou a reunião de "um bom começo", e afirmou que as economias emergentes estão "felizes" com o encontro.

"O G20 chegou para ficar como o mais importante fórum para tratar os assuntos financeiros e econômicos do mundo. É um fórum muito melhor que o G7", acrescentou o ministro, segundo a nota.

No entanto, Chidambaram, que discursou pela manhã no Fórum Econômico Indiano, mostrou-se preocupado com a falta de acordo dos países participantes sobre a formação de um organismo global de supervisão para implantar as medidas estipuladas.

Além disso, lamentou que os esforços globais para atenuar a crise econômica aconteçam em meio ao processo de mudança na Administração americana, com o fim do Governo do presidente George W. Bush e a chegada de Barack Obama à Casa Branca.

Chidambaram repetiu hoje que espera uma taxa satisfatória de crescimento este ano na Índia, apesar de o Governo ter modificado suas previsões para baixo, a 7%, frente aos 9,4% do ano anterior.

O primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, afirma que a crise não frustrará as perspectivas de crescimento dos países em desenvolvimento, como é o caso da Índia. EFE daa/fh/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG