vender posição em Doha - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Índia acusa o Brasil de vender posição em Doha

Uma carta do governo da Índia ao diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Pascal Lamy, insinua que o Brasil estaria vendendo sua posição nas negociações da Rodada Doha de comércio multilateral em troca de acesso aos mercados americanos e europeus para o etanol, carro-chefe da política comercial do País. A carta, enviada esta semana e assinada pelo ministro do Comércio indiano, Kamal Nath, caiu como uma bomba no Itamaraty e promete azedar a relação entre Nova Délhi e Brasília.

Agência Estado |

A relação entre os países já vinha se deteriorando. Em julho, o ministro das Relações Exteriores do País, o chanceler Celso Amorim, aceitou o pacote de liberalização da OMC. Americanos e europeus também deram sinal verde ao acordo. Mas a Rodada fracassou diante da rejeição da Índia. Porém, Nath voltou a Nova Délhi como herói, por ter supostamente defendido os pequenos agricultores indianos. Nos bastidores, ele acusou o Brasil de ter traído alianças entre países emergentes e de ter tomado posição próxima à dos Estados Unidos e da Europa. Na época, Amorim negou qualquer traição e afirmou que estava defendendo interesses nacionais.

Na semana passada, a nova tentativa de salvar a Rodada fracassou. Mais uma vez o obstáculo foi a Índia, que alega precisar de um mecanismo para impor barreiras a produtos agrícolas, caso haja um surto de importação.

Na carta assinada por Nath e enviada à Lamy, o texto reafirmava que a Índia estava comprometida em fechar um acordo até o fim do ano, sob certas condições, incluindo o mecanismo de salvaguarda. "Sem isso, não podemos aceitar uma solução", escreveu, segundo publicou o Washington Trade Daily. O que surpreendeu o Brasil foi a insinuação de Nath de que o Itamaraty estaria negociando uma saída para o etanol com EUA e Europa, deixando de fora interesses dos demais emergentes. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG