Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Incertezas políticas derrubam bolsas da Ásia

Por Kevin Plumberg HONG KONG (Reuters) - As principais bolsas asiáticas tiveram uma terça-feira de queda, derrubadas por fortes perdas no mercado japonês, no qual a confusão imperou entre as lideranças políticas do país.

Reuters |

As perspectivas econômicas deterioradas e a intranquilidade pública em partes da Ásia continuaram a cobrar seu preço na estabilidade política da região. O impopular primeiro-ministro japonês deixou o cargo na segunda-feira e um estado de emergência foi declarado em Bangcoc, na Tailândia.

O won sul-coreano caiu para seu menor nível em 4 anos ante o dólar, mesmo apesar do governo ter alertado possuir capacidade para conter a fraqueza da moeda, com os investidores preocupados sobre um fluxo de saída de capital da quarta maior economia da Ásia.

O dólar subiu 0,4 por cento contra o baht tailandês, depois que o primeiro-ministro do país declarou estado de emergência em Bangcoc e deu poderes ao exército para os confrontos entre manifestantes contra e a favor do governo.

'O crescimento global está desacelerando, o que afeta as exportações; a inflação continua forte, os bancos centrais precisam elevar os juros --mas a última coisa que um governo prestes a cair quer é aumentar os juros. É um círculo vicioso', afirmou Sharada Selvanathan, estrategista do BNP Paribas em Hong Kong.

O índice Nikkei da bolsa de Tóquio perdeu 1,75 por cento, para 12.609 pontos, com as ações de tecnologia figurando entre as maiores perdas. O primeiro-ministro Yasuo Fukuda foi o segundo líder japonês a deixar o cargo em um ano.

A bolsa sul-coreana perdeu 0,52 por cento, aos 1.407 pontos, pior nível desde março de 2007.

Às 7h49 (horário de Brasília), o índice MSCI da Ásia Pacífico exceto Japão recuava 0,84 por cento, aos 376 pontos.

A bolsa australiana fechou praticamente estável, com ligeira queda de 0,04 por cento, aos 5.116 pontos.

Na contramão, o índice Hang Seng da bolsa de Hong Kong ganhou 0,65 por cento, para 21.042 pontos.

Leia tudo sobre: bolsas asiáticas

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG