Nova York, 19 mai (EFE).- O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, disse hoje que a incerteza em torno do ambicioso plano de capitalização da estatal está afetando o valor das ações da companhia.

Nova York, 19 mai (EFE).- O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, disse hoje que a incerteza em torno do ambicioso plano de capitalização da estatal está afetando o valor das ações da companhia. Segundo ele, há "algumas variáveis" que influíram na avaliação dos títulos da empresa e impediram que se beneficiassem da descoberta, em 2007, dos poços no pré-sal. "Acho que a incerteza sobre a capitalização é um deles", assinalou, em entrevista coletiva em Nova York, o presidente da Petrobras, após lembrar que o Senado adiou para 9 de junho a votação sobre o plano proposto pela empresa. O projeto contempla a transferência por parte do Governo de direitos à Petrobras para produzir 5 bilhões de barris de petróleo da zona do pré-sal em troca de ações da companhia. Gabrielli ressaltou que, se os senadores rejeitarem o plano, a companhia seguirá de todas as maneiras adiante com a busca de capital e poderia recorrer aos mercados para captar o financiamento necessário. "São precisos sete anos entre descobrir e poder explorar uma jazida, por isso que se necessita um grande investimento", ressaltou o presidente da Petrobras. A Petrobras espera conseguir entre US$ 15 e 25 bilhões em capital novo durante este ano para trabalhar em um plano de negócio que inclui um investimento de entre US$ 200 e 220 bilhões no período 2010-2014. EFE jju/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.