Os bombeiros de Kent, no sul da Inglaterra, anunciaram nesta quinta-feira o envio de socorro após um grave incidente no túnel sob o Canal da Mancha, que provocou 14 feridos leves e importantes engarrafamentos nos arredores da entrada inglesa do túnel e na cidade de Douvres, no sul do país.

Viaturas e ambulâncias foram enviadas ao local para ajudar os bombeiros franceses, destacou a Defesa Civil do condado de Kent.

O 'Kent Fire and Rescue Service' evocou um "grave incidente", mas não confirmou o incêndio de um caminhão transportado por uma nave ferroviária de frete, revelado mais cedo pela Eurotunnel.

Os serviços britânicos da Eurotunnel informaram que o incidente ocorreu a 11 km da entrada francesa do túnel. "O alarme antiincêndio foi acionado às 14h55 (10h55 de Brasília), anunciando a possibilidade de fogo", disse a empresa.

"A nave ferroviária foi evacuada, e 32 pessoas foram levadas para o túnel de serviço, de onde deviam ser resgatadas por um trem que partiu da França para recuperá-los", especificou a polícia de Kent.

O incêndio, que deixou 14 feridos leves, "ainda não está totalmente sob controle", declarou à AFP um representante da prefeitura de Pas-de-Calais (norte da França) pouco antes das 19h30 (14h30 de Brasília).

"A Eurotunnel suspendeu o tráfego nos dois sentidos, até que o incidente seja resolvido", destacou a companhia.

Imensas filas de espera de centenas de caminhões e carros se formaram na região de Folkestone, na entrada inglesa do túnel, assim como nos arredores do porto de Douvres, de onde muitos ferries fazem a ligação com a França, segundo imagens da televisão britânica.

epe/yw/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.