Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

InBev pressiona e quer tirar integrantes do conselho da Anheuser-Busch

SÃO PAULO - A InBev entrará com um pedido preliminar na Securities and Exchange Commission (SEC, a comissão de valores mobiliários dos Estados Unidos) visando à retirada dos integrantes do conselho de diretores da americana Anheuser-Busch e à oportunidade de dar voz direta aos acionistas daquela empresa sobre uma eventual combinação das empresas.

Valor Online |

No lugar deles, a cervejaria belgo-brasileira sugeriu uma lista de outros 13 diretores, incluindo Adolphus A. Busch IV, tio do atual dirigente da companhia americana.

Em meados de junho, a InBev fez uma oferta de união amigável à Anheuser-Busch, fabricante da cerveja Budweiser, de US$ 65 por ação em dinheiro. Até o momento, segundo o presidente da InBev, Carlos Brito, a cervejaria americana não se mostrou disposta a dialogar.

Assim sendo, a InBev acredita que é hora de agir para garantir que os acionistas da Anheuser-Busch tenham voz direta no processo e falem sobre a direção futura da companhia, sustentou Brito.

No dia 26 do mês passado, a InBev comunicou que procurou a Justiça do estado americano de Delaware em busca de declarações que permitam rotas alternativas no processo que assegurem que os acionistas da Anheuser-Busch preservem seu poder de decisão sobre a oferta.

A cervejaria queria uma declaração legal de que os acionistas da fabricante da Budweiser poderiam remover sem justa causa todos os 13 diretores da empresa, mediante um pedido por escrito.

As informações são da própria InBev e agências internacionais.

(Juliana Cardoso | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG