Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

InBev confirma oferta por concorrente americana

Bruxelas, 1 jul (EFE).- A cervejaria belga-brasileira InBev confirmou hoje sua oferta de compra de sua concorrente americana Anheuser-Busch, avaliada em cerca de US$ 46 bilhões, e ressaltou que o objetivo é uma fusão amistosa que satisfaça os interesses das duas partes.

EFE |

Em comunicado, a direção da InBev, nascida da fusão da belga Interbrew e a brasileira AmBev, respondeu assim à rejeição do conselho de administração da concorrente americana, que na semana passada considerou a oferta "financeiramente inadequada".

A InBev está disposta a pagar US$ 65 em dinheiro por ação da Anheuser-Busch - proprietária, entre outras, da marca Budweiser -, o que representa uma alta próxima a 35% em relação à cotação atual e de 18% sobre a melhor cotação de sua história, obtida em outubro de 2002.

O brasileiro Carlos Brito, presidente-executivo da InBev, assinalou hoje em comunicado que essa quantia reflete o valor justo da companhia, e afirmou que o financiamento da oferta está assegurado.

"Nossa oferta apresenta certeza em um contexto de enfraquecimento da bolsa", afirmou Brito.

A proposta da InBev se apóia em uma firme trajetória de expansão internacional, assim como em um crescimento e rentabilidade consistente, acrescentou o principal responsável da cervejaria.

A fusão criará uma companhia "mais forte, mais competitiva no mercado mundial, com uma pasta de marcas imbatível e uma boa rede de distribuição", ressaltou Brito.

A direção da InBev quer iniciar um "diálogo construtivo" com o objetivo de conseguir uma combinação "amistosa" que responda aos interesses de todas as partes, afirmou hoje a companhia.

Os acionistas da Anheuser-Busch serão ouvidos no processo, segundo o comunicado. EFE epn/mh

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG