Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Inbev adia aumento de capital para aquisição da Anheuser-Busch

SÃO PAULO - Três meses depois de anunciar o negócio que a tornaria a maior cervejaria do mundo, a Inbev decidiu adiar o aumento de capital no valor de US$ 9,8 bilhões que pretende fazer com a emissão de direitos de subscrição de ações para financiar parte da aquisição da americana Anheuser-Busch. Citando a volatilidade sem precedentes no mercado financeiro global, a belga-brasileira afirmou, em nota, que esperará até que as condições do mercado se estabilizem para dar sequência à emissão.

Valor Online |

A Inbev fez questão, porém, de ressaltar que pretende conseguir as aprovações regulatórias e concluir a aquisição ainda em 2008. "Esperamos completar a fusão dessas duas grandes empresas até o final deste ano para criar a líder mundial do mercado cervejeiro", disse o executivo-chefe da Inbev, Carlos Brito. A empresa reafirmou também que conta com um forte suporte financeiro e já dispõe do compromisso dos bancos e da documentação para obter um empréstimo de US$ 45 bilhões e para realizar a emissão de US$ 9,8 bilhões em ações para dar andamento ao negócio. Os maiores acionistas da empresa já se comprometeram a garantir 1,2 bilhão de euros para a operação.

A produção conjunta da Inbev e da Anheuser-Busch, que é conhecida por ser a proprietária da marca Budweiser, chegará a 460 milhões de hectolitros com a confirmação do negócio.

(Adilson Fuzo | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG