Resultado é decorrente do aumento do crédito e da ampliação dos prazos de pagamento, dizem lojistas

A taxa de inadimplência cresceu 3,73% em agosto em relação ao mesmo mês de 2009. A informação foi divulgada hoje (9) pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e Serviço Nacional de Proteção ao Crédito (SPC).

Segundo o presidente do CNDL, Roque Pelizzaro Junior, o crescimento no período é decorrente do aumento do crédito e da ampliação dos prazos de pagamento, logo após a crise econômica.

“O crédito pode ter efeito ambíguo. Falta planejamento do consumidor, mas a balança ainda está bem equilibrada”, destacou.

Na passagem de julho para agosto deste ano, houve queda de 2,13% na inadimplência. No acumulado do ano (de janeiro a agosto), a queda foi de 1,96% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Segundo a CNDL, também ocorreu um aquecimento na atividade do comércio, uma vez que as consultas ao Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), feitas quando o cliente compra a prazo ou com cheque, subiram 5,5% em agosto em relação a julho. A alta é ainda maior na comparação de agosto com o mesmo mês do ano passado, de 9,35%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.