Tamanho do texto

Índice subiu 1,9% em maio frente a igual período do ano anterior, disse a Serasa

A inadimplência do consumidor retomou a trajetória de alta após sete meses. Segundo dados divulgados nesta quinta-feira do Indicador Serasa Experian de Inadimplência do Consumidor, houve alta de 1,9% em maio frente a igual mês do ano anterior. Na comparação com abril, a elevação foi de 4,3%.

“A elevação dos níveis de inadimplência do consumidor em maio está relacionada com o crescimento acelerado do endividamento dos consumidores ao longo dos últimos trimestres”, informou a Serasa.

No acumulado do ano, o indicador teve queda de 3,7%, a maior baixa desde o inicio da série histórica, em 2000. “O declínio pode ser atribuído à base de comparação com os primeiros meses de 2009, que apresentava o período mais crítico da crise no país”, disse a Serasa.

O cartão de crédito liderou a alta do endividamento do consumidor com crescimento de 8,1% no mês. As dívidas dos bancos, por sua vez, saltaram 2,5%.

O valor médio das dívidas subiu 42,7% entre janeiro e maio. %. Os títulos protestados e os cartões de crédito e financeiras também tiveram alta de 8,9% e 5,2%, respectivamente. “A única modalidade de inadimplência que apresentou queda foram as dívidas com os bancos, com 0,1%”, concluiu a Serasa.


Valor Médio das Dívidas

Confira a variação da inadimplência dos consumidores por modalidade (em R$)

Gerando gráfico...
Fonte: Serasa Experian
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.