Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Inadimplência das empresas cresce 13,1% em setembro, apura Serasa

SÃO PAULO - A inadimplência das empresas brasileiras cresceu 13,1% na comparação entre setembro deste ano e o mesmo mês de 2007, informou hoje a Serasa, com base em seu Indicador de Inadimplência Pessoa Jurídica. Segundo os analistas da companhia, a forte elevação já reflete os efeitos do agravamento da crise financeira internacional, que reduziu a oferta de crédito no mercado doméstico, elevou as taxas de juros de financiamentos e paralisou a geração de negócios em alguns casos.

Valor Online |

Na comparação dos dados de setembro com agosto, a alta foi menor, de 4,9%. Na comparação do acumulado do ano até setembro, o indicador mostra uma queda de 1,3%.

A Serasa afirma que os primeiros sinais da crise apareceram com o aumento da participação dos cheques - mais sensíveis a variações de insolvências - no indicador de inadimplência (de 37,9% em setembro do ano passado para 39,5% em setembro deste ano). Segundo a análise da companhia, as empresas intensificaram o uso de cheques como meio pagamento em razão da menor disponibilidade de crédito no mercado.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG