Tamanho do texto

São Paulo, 11 - O volume de trigo importado pelo Brasil em janeiro foi 45% menor na comparação com janeiro de 2008. Segundo dados divulgados hoje pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), os desembarques de trigo no primeiro mês do ano somaram 471,080 mil toneladas ante 858,984 mil toneladas no mesmo mês do ano anterior.

O Brasil colheu na última safra uma produção recorde de 6 milhões de toneladas, mas a redução das compras externas se deve menos à oferta nacional e mais ao fato de que, no ano passado, a importação se intensificou nos primeiros meses do ano, coincidindo com a abertura do mercado da Argentina, principal fornecedor do cereal para o Brasil. Já na comparação com dezembro de 2008, a importação de trigo cresceu em volume. No último mês de 2008, somou 429,8 mil toneladas.

Em janeiro, a maior parte do trigo comprado pelo Brasil veio da Argentina, com 388,4 mil toneladas, ou 82% do total. Do Paraguai vieram 65,3 mil toneladas; dos Estados Unidos, 15,089 mil toneladas; e do Uruguai, 2,234 mil toneladas. O preço médio do trigo importado caiu 37% na comparação com o mesmo mês de 2008. Em janeiro foi de US$ 182 contra US$ 291 por tonelada em janeiro do ano passado.

Em janeiro o Brasil exportou 44,005 mil toneladas de trigo, 44 mil toneladas para os Estados Unidos e 5 toneladas para Portugal. No mesmo mês do ano anterior haviam sido 99,2 mil toneladas, sendo que o Marrocos foi o destino da maior parte, ou 55 mil toneladas. Neste mês de janeiro, o preço médio da tonelada exportada foi de US$ 130. Em janeiro de 2008, o Brasil vendeu trigo a um preço médio de US$ 304 por tonelada.