Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Importação de químicos cai 19%, divulga Abiquim

São Paulo, 19 - O agravamento da crise na economia mundial chegou aos indicadores do setor químico. De acordo com dados divulgados hoje pela Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim), as importações de produtos químicos em novembro somaram US$ 2,8 bilhões, uma retração de 19% em relação ao mês anterior.

Agência Estado |

Em volume, a queda foi ainda mais expressiva, de 29,2%, para aproximadamente 1,6 milhão de toneladas.

Os dados de novembro, segundo a Abiquim, refletem a menor oferta de crédito no mercado mundial, a valorização do dólar e a sazonalidade da agricultura. O segmento de intermediários para fertilizantes, principal item da pautas das importações, registrou queda de 49,7% sobre outubro, para US$ 525,5 milhões. Frente a novembro do ano passado, por outro lado, as vendas cresceram 31%. O volume importado totalizou 668,4 mil toneladas, queda de 48,6% sobre outubro e de 52,3% sobre novembro.

Apesar da menor entrada de produtos em novembro, o setor ainda registra forte expansão das importações na comparação anualizada. O resultado em dólares representa uma expansão de 25,8% sobre o mesmo mês de 2007.

Na outra ponta, as exportações somaram US$ 868,1 milhões em novembro, queda de 23,2% ante outubro e de 4,7% em relação a novembro de 2007. O volume negociado em novembro foi de 863,2 mil toneladas, retração de 14,3% sobre o mês anterior, mas expansão de 2,9% sobre o mesmo período do ano passado.

O déficit comercial da indústria química no acumulado de janeiro a novembro somou US$ 21,7 bilhões, alta de 79,2% sobre o mesmo período de 2007. As importações cresceram 49,8%, para US$ 32,8 bilhões, contra um aumento de 13,3% nas exportações, que somaram US$ 11,1 bilhões.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG