Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Importação de milho pela Ásia tem ritmo modesto

Cingapura, 28 - As importações de milho pela Ásia para o primeiro trimestre de 2009 devem continuar em um ritmo modesto nas próximas semanas, já que grandes importadores, como Coréia do Sul e Japão, estão sendo cautelosos, apostando em uma queda maior dos preços nos próximos dias. Na quinta-feira, o Major Feedmill Group, da Coréia do Sul, comprou 55 mil toneladas de milho de origem opcional em uma licitação a US$ 169 a tonelada, com custo e frete inclusos.

Agência Estado |

"Esta foi a importação mais barata de milho por qualquer empresa sul-coreana este ano", disse uma autoridade do Major Feedmill Group, acrescentando que o produto será entregue entre 15 de janeiro e 5 de fevereiro. O Japão comprou 600 mil toneladas de milho em novembro para entrega prevista para o primeiro trimestre de 2009, afirmou hoje uma autoridade de uma corretora de grãos de Tóquio.

A autoridade, que preferiu não ser identificada, afirmou que, pela primeira vez, compradores japoneses importaram entre 75 mil e 90 mil toneladas de milho de origem ucraniana. O produto, mais barato que o milho norte-americano, será entregue em janeiro ou fevereiro. O Japão é o maior importador global de milho e compra principalmente dos Estados Unidos.

Os importadores japoneses não estão com pressa para completar a compra de 4 milhões de toneladas de milho prevista para o primeiro trimestre do ano que vem, já que esperam que os preços futuros do milho negociados na Chicago Board of Trade (CBOT) caiam mais.

"Além disso, os custos de frete marítimo podem cair mais, apesar de já terem caído muito nos últimos meses", disse a autoridade, acrescentando que os compradores devem concluir as compras para o primeiro trimestre de 2009 apenas em meados de fevereiro. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG