O governo das Ilhas Faroe, território ultramar dinamarquês, decidiu nesta terça-feira conceder um empréstimo de 300 milhões de coroas dinamarquesas (40,2 milhões de euros) à vizinha Islândia, que atravessa a pior crise de sua história contemporânea.

As Ilhas Faroe, província autônoma da Dinamarca no Atlântico Norte de 48.000 habitantes, gozam de autonomia interna desde 1948, mas os assuntos exteriores, a justiça, a defesa e a polícia dependem da metrópole dinamarquesa.

A economia da Islândia, que depende fortemente de seu sistema financeiro, foi fortemente afetada pela crise internacional.

Sua moeda, a coroa, já perdeu 40% de seu valor desde janeiro, seus três principais bancos anunciaram estar à beira da quebra e precisaram ser nacionalizados no começo de outubro, e o governo se viu obrigado a pedir ajuda internacional.

sa/ap/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.