Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

IGP-DI fecha setembro com alta de 0,36% após ter queda um mês antes

SÃO PAULO - O Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) aumentou 0,36% no mês passado, invertendo o rumo tomado em agosto, de deflação de 0,38%. Dois dos três componentes do indicador registraram avanço.

Valor Online |

Conforme os dados foram divulgados há pouco pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), o IGP-DI subiu 8,32% no acumulado do ano e 11,90% em 12 meses.

A mediana das expectativas dos analistas financeiros consultados pela pesquisa Focus do Banco Central (BC) mais recente era de acréscimo de 0,20% para o IGP-DI de setembro.

No nono mês de 2008, o Índice de Preços por Atacado (IPA), com peso de 60% na taxa total, teve expansão de 0,44%, deixando para trás redução de 0,80% em agosto. Os produtos agrícolas cederam 0,46% em setembro contra baixa de 5,09% um mês antes. Os produtos industriais saíram de uma elevação de 0,86% para 0,77%.

Dos componentes do IPA, as Matérias-Primas Brutas chamaram a atenção pela mudança na trajetória - partiram de uma diminuição de 4,84% em agosto para um acréscimo de 0,51% no mês seguinte. Os Bens Intermediários subiram menos, 0,95%, contra o 1,35% do oitavo mês de 2008. Os Bens Finais, por sua vez, declinaram 0,29%, seguindo alta de 0,07% em agosto.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), responsável por 30% do cálculo do IGP-DI, encolheu 0,09% no mês passado depois de elevação de 0,14% no estudo antecedente. Contribuíram para o recuo os grupos Habitação (0,72% para 0,24%) e Alimentação (-0,71% para -0,97%).

"Na primeira classe de despesa, os principais destaques foram: tarifa de telefone fixo residencial (2,11% para 0,00%) e tarifa de eletricidade residencial (0,73% para -0,83%). Na segunda, vale citar os recuos registrados pelas taxas dos itens: frutas (5,14% para 2,11%), laticínios (-1,39% para -3,22%) e óleos e gorduras (-1,30% para -2,94%)", observou a FGV em nota.

O Índice Nacional de Custos da Construção Civil (INCC), que representa 10% do total, caiu para 0,95% em setembro após marcar inflação de 1,18% no mês antecedente. O indicador de Materiais e Serviços teve ampliação de 1,53% perante acréscimo de 2,13% em agosto. O índice referente à Mão-de-Obra avançou para 0,27% frente ao 0,11% passado.

O IGP-DI de setembro foi calculado com base nos preços coletados entre os dias 1º e 30 do mês de referência.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG