Por Rodrigo Viga Gaier RIO DE JANEIRO (Reuters) - A estabilidade do IGP-DI entre maio e junho aponta para o início de um processo de desacelaração da inflação, afirmou nessa quarta-feira o economista da FGV, Salomão Quadros

O indicador passou de 1,88 por cento em maio para 1,89 por cento em junho 'O resultado reforça o início de um processo de desaceleração do IGP. Ele começa a perder força, mas como ainda há pressões na área alimentar, esse processo será lento e suave,' disse Quadros a jornalistas

Segundo o economista, a pressão dos produtos industriais registrada desde o início do ano já começa a arrefecer e as perspectivas são de menor impacto daqui para frente

'No primeiro semestre tivemos concentrações de altas e, na área industrial, elas não devem se repetir,' afirmou ele ao citar minério de ferro, diesel, fertilizantes e alguns alimentos processados como itens que já estão revertendo a tendência de alta.

Em junho, os produtos industriais subiram para 1,69 por cento, ante 2,13 por cento em maio. Os produtos agrícolas subiram de 2,47 por cento para 3,88 por cento no mês de junho, sob forte pressão de bovinos e soja que, segundo Quadros, responderam por um terço da variação do IGP-DI, impedindo um descréscimo na taxa já no mês de junho.

'O 1,89 por cento foi o pico e a desacelaração será lenta em função dos agrícolas que estão subindo no atacado e chegando rapidamente no varejo,' acrescentou o economista.

Quadros frisou que o fim do impacto do reajuste da mão-de- obra na construção civil será outro fator que contribuirá para o movimento de recuo do IGP nos próximos meses

O indicador acumula no ano 7,14 por cento de alta, número que sobe para 13,96 por cento no acumulado em doze meses. Essa é a maior taxa no acumulado de 12 meses desde outubro de 2003.

'A tendência é que continue subindo já que em julho do ano passado a taxa foi de 0,37 por cento, algo que dificilmente irá se repetir,' declarou Quadros ao destacar que a partir de agosto haverá espaço para um recuo na taxa de 12 meses. Em agosto de 2007, o IGP-DI foi de 1,39 por cento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.