Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

IGP-10 sobe menos e fica em 0,38% em agosto

RIO - O Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) reduziu o ritmo de alta e registrou 0,38% em agosto. No mês anterior, a elevação do indicador havia sido de 2%, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Esse comportamento foi associado a um avanço mais modesto do índice de preços no atacado. No acumulado do ano, o IGP-10 aumentou 9,06%. Em 12 meses, a alta foi de 14,42%.

Valor Online |

O Índice de Preços por Atacado (IPA), que subiu 2,54% em julho, verificou agora acréscimo de 0,25%. Os produtos agropecuários saíram de uma elevação de 4,66% para deflação de 1,98%. Os produtos industriais foram de 1,71% para 1,13%.

Dos três componentes do IPA, as Matérias-Primas Brutas acabaram no território negativo, com baixa de 1,87%, uma inversão da direção vista em julho, de aumento de 4,54%. Bens Intermediários cresceram 1,61% este mês e Bens Finais anotaram expansão de 0,44% após os respectivos 2,60% e 0,66% de julho.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) abandonou uma alta de 0,65% no mês passado para 0,36% nesta pesquisa. O destaque coube ao grupo Alimentação, que avançou 0,13% contra 1,56% de julho. Vestuário verificou recuo, de 0,51%, seguindo acréscimo de 0,15% um mês antes.

A variação do Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) sofreu pequena mudança, indo de 1,50% para 1,43% entre um mês e outro. O indicador que capta os custos da mão-de-obra teve alta de 0,77%, sucedendo elevação de 1,40%. Materiais e serviços tiveram elevação mais expressiva, de 2,01%, depois do 1,59% em julho.

O IGP-10 é calculado com base nos preços coletados entre os dias 11 do mês anterior e 10 do mês de referência.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG