Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

IGP-10 registra deflação de 0,85% em janeiro

O Índice Geral de Preços - 10 (IGP-10) caiu 0,85% em janeiro, após subir 0,03% em dezembro. A informação foi divulgada nesta quinta-feira pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), que calcula o índice inflacionário. Esse é o menor índice da série histórica. Pela mesma série, o Índice de Preços por Atacado (IPA) de janeiro, que caiu 1,50% em janeiro deste ano, também registrou a menor taxa de sua série histórica.

Redação com Agência Estado |

Dentre os três indicadores que compõem ao IGP-10, o Índice de Preços por Atacado (IPA) teve deflação de 1,50% em janeiro, ante queda de 0,22% em dezembro. Por sua vez, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) apresentou alta de 0,62% em janeiro, taxa idêntica à elevação apurada em dezembro. Já o Índice Nacional de Custos da Construção (INCC) subiu 0,17% em janeiro, ante alta de 0,33% em dezembro.

Os preços dos produtos agrícolas no atacado caíram 1,56% em janeiro, em comparação com a deflação de 0,21% apurada em dezembro, no âmbito do IGP-10. Os preços dos produtos industriais no atacado tiveram queda de 1,47% em janeiro, ante taxa negativa de 0,22% em dezembro.

Dentro do Índice de Preços por Atacado segundo Estágios de Processamento (IPA-EP), que permite visualizar a transmissão de preços ao longo da cadeia produtiva, os preços dos bens finais recuaram 0,93% em janeiro, em comparação com a queda de 0,16% em dezembro. Por sua vez, os preços dos bens intermediários tiveram taxa negativa de 1,80% em janeiro, em comparação com a queda de 0,88% em dezembro. Já os preços das matérias-primas brutas apresentaram deflação de 1,67% em janeiro, em comparação com a alta de 0,71% em dezembro.

Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de janeiro, que teve aumento 0,62%, assumiu trajetória contrária e teve a maior taxa nesse tipo de indicador desde julho do ano passado, quando subiu 0,65%. A taxa de janeiro deste ano repetiu a mesma taxa mensal do IPC-10 apurada em dezembro do ano passado. Já o Índice Nacional de Custos da Construção (INCC) de janeiro, que subiu 0,17%, apresentou a menor taxa desde outubro de 2006, quando registrou alta de 0,14%.

No acumulado de 12 meses até janeiro, o IGP-10 registra elevação de 8,23%. O período de coleta de preços para o IGP-10 desse mês foi do dia 11 de dezembro de 2008 a 10 de janeiro de 2009.

O IGP-10 é composto pelos três indicadores: o IPA, o IPC e o INCC. O IPA é o que tem maior peso no índice geral, representando 60% do total do IGP-10. O IPC representa 30% e o INCC, 10%.

Leia mais sobre inflação

Leia tudo sobre: inflação

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG